[Gestão de equipe] Como fazer endomarketing na sua empresa

[Gestão de equipe] Como fazer endomarketing na sua empresa

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Fazer a gestão de equipe nem sempre é fácil. Na maioria das vezes, significa navegar por diferentes personalidades, hábitos de trabalho e motivações enquanto equilibra suas próprias tarefas e mantém os objetivos da empresa em mente.

É preciso muito trabalho para fazer isso direito. Mas quando é feito com maestria, os resultados são fantásticos. Ao se construir equipes fortes, a empresa sente esse diferencial também. E isso vai muito além de melhores salários, têm mais relação como a forma como cada colaborador é tratado e reconhecido.

Para que você consiga fazer uma gestão de equipes usando ferramentas do endomarketing, preparamos algumas dicas para você. Confira!

Alinhar a comunicação

Quando falamos em gestão de equipe, o primeiro passo é alinhar a comunicação na empresa. E aí está uma das ferramentas mais importantes no endomarketing: fazer as pessoas se sentirem envolvidas com o projeto.

Autor de diversos livres e especialista em gestão de pessoas, Simon Sinek disse certa vez:

“Quando as pessoas investem financeiramente, elas querem um retorno. Quando as pessoas estão emocionalmente envolvidas, elas querem contribuir. “

E esse é o primeiro segredo quando falamos em gestão de equipe. Fazer cada colaborador se sentir parte vital do processo os faz se engajar ainda mais em busca do resultado. E isso inclui desperta um espírito mais colaborativo e de experiências que encantam.

Defina expectativas realistas

Como gestor, você usa seu conhecimento do quadro geral para mover sua equipe em direção a cada meta. Nada incentiva mais uma equipe do que o sucesso, por menor que seja a vitória. Da mesma forma, uma equipe pode ficar desanimada se você definir metas que nunca poderá atingir.

Por isso, se você deseja criar uma nova política, definir um novo objetivo ou fazer uma mudança, você precisa entender se definiu ou não expectativas realistas. Isso pode significar examinar seu orçamento alocado ou a carga de trabalho daqueles de cuja ajuda você precisa.

Mas lembre-se também de que mesmo os maiores projetos que parecem difíceis de realizar podem ser divididos em tarefas mais gerenciáveis. Pode levar mais tempo para atingir a meta final, mas essas pequenas vitórias ao longo do caminho serão um grande incentivo para o moral da equipe.

Saiba o que sua equipe faz

Pode parecer estranho, mas você sabe o potencial de cada membro de sua equipe? Se você está procurando fazer uma mudança para melhoria da gestão de equipe, converse com seus funcionários para descobrir como eles fazem o que fazem. É importante habilidade de gerenciamento de pessoas para certificar-se de que você entende seu papel antes de começar a alterá-lo.

Faça perguntas sobre os problemas com os quais precisam lidar e as possíveis soluções. Eles podem ter algumas percepções que você não pode ver da sua sala. Trabalhe também ouvindo os feedbacks positivos e negativos da empresa como forma de melhorar constantemente cada área, setor ou fluxo de trabalho.

Encontre motivadores reais

A promessa de um aumento salarial pode impulsionar alguns funcionários em direção à linha de chegada, mas outros podem não ser movidos por dinheiro. Existem muitos motivadores diferentes que você deve considerar, como a chance de trabalhar em casa, algum tempo extra pessoal ou mesmo apenas um elogio do esforço que eles colocaram.

Ao descobrir os verdadeiros motivadores de cada indivíduo, você pode usar essas informações para encorajar sua equipe quando eles estão em crise.

Reconheça os talentos de seus funcionários

Cada colaborador trará um conjunto de habilidades diferentes para a empresa e responderá a diferentes estratégias de reconhecimento de funcionários.

Todos eles têm seus próprios pontos fortes que, se nutridos da maneira certa, podem ser usados ​​para beneficiar a empresa.

Cabe a você, como gestor, identificar e extrair esses talentos. Uma vez identificado, você pode trabalhar com o funcionário para descobrir a melhor maneira de usar suas habilidades e qual treinamento adicional ele pode querer ou precisar para avançar para o próximo nível.

Ao fazer isso, você já um grande passo na gestão de equipe e consegue extrair o melhor de cada um.

Seja um exemplo

Quando você assume uma posição gerencial, sua equipe obterá dicas de sua atitude, entusiasmo e ética de trabalho — ou a falta deles. Da mesma forma que as atitudes fluem, o mesmo ocorre com o comportamento. Por exemplo, se você quiser que todos cheguem na hora para as reuniões de equipe, chegue cedo.

Pratique o que você prega ou seus funcionários não ficarão felizes quando você esperar deles o que você não dá a si mesmo.

Lidere e eles seguirão

Uma empresa é tão boa quanto seus funcionários e os funcionários prosperam quando seu líder tem habilidades eficazes de gestão de equipe. Para novos gestores — e até mesmo para alguns dos veteranos — pode ser assustador liderar uma nova equipe.

No entanto, com um pouco de esforço e alguns desses segredos, você perceberá que é só ter confiança em sua capacidade de liderar para o sucesso. E se gostou de nosso artigo sobre gestão de equipes, nos siga em nossas redes sociais. Estamos no Facebook e Instagram com informações valiosas para você e sua empresa!

Outros artigos que podem te interessar

6 dúvidas sobre Imposto de Renda

Ter dúvidas sobre Imposto de Renda é absolutamente normal! A maioria dos brasileiros se sente confusa com relação a alguns pontos da declaração e hoje vamos esclarecer todas essas questões

Assine nossa Newsletter